A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva.

 

A conjuntiva é uma membrana transparente que cobre a superfície interna das pálpebras e a superfície anterior da esclera (globo ocular).

 

Crédito: Jessica Whittle Photography Conjuntivite via photopin (licença)

 

A conjuntivite pode se apresentar como uma discreta hiperemia (vermelhidão) e pode ser acompanhada de lacrimejamento e formação de pseudomembrana (membrana esbranquiçada).

 

As conjuntivites mais frequentes são de origem viral, altamente transmissível, pois a contaminação ocorre pelo ar ou contato direto. Por isso, alguns cuidados são fundamentais para evitar o contágio, como lavar sempre as mãos, ter toalha de rosto própria e evitar compartilhar objetos de uso pessoal (maquiagens e colírios).

 

A conjuntivite por Chlamydia Trachomatis leva a uma doença chamada tracoma, que gera sequelas no segmento anterior dos olhos (córnea/ conjuntiva). Dentre essas sequelas está o entrópio (crescimento dos cílios em direção à córnea).