TSH (Teste de Sobrecarga Hídrica)

Exame realizado para determinar o pico de pressão ocular. Auxilia o oftalmologista a adequar o melhor tratamento para o paciente portador ou suspeito de glaucoma.

 

Consiste na avaliação da PIO (pressão intraocular) antes da ingestão de água (PIO basal) e três avaliações com intervalo de 15 minutos cada após a ingestão de 800 ml de água – o consumo da água deve ser realizado em um prazo de 5 minutos.

 

O teste dura, em média, 1h30/ 2h.

 

Orientações:

  • Jejum de líquido de 2 horas
  • Não suspender a medicação em uso – com exceção de orientação médica
  • Utilizar os colírios conforme a orientação médica
  • Levar o nome das medicações em uso no dia do exame

 

Contraindicações:

  • HAS (Hipertensão arterial sistêmica) sem controle adequado
  • Insuficiência renal
  • Insuficiência cardíaca

 

Tonometria

Verificação da pressão ocular.

Gonioscopia

Avaliação do seio camerular (ângulo).

Mapeamento de retina

Exame de fundo de olho com maior abrangência.

Biomicroscopia de papila

Exame do disco óptico com lentes especificas.